20.2 C
Caraguatatuba
16 Julho 2024

Ubatuba prepara escolas para retorno das aulas

A Secretaria de Educação de Ubatuba já está preparando as escolas da Rede Municipal de Ensino para a volta às aulas, que acontece no dia 7 de fevereiro. O retorno será presencial para todas as crianças, que começaram a ser vacinadas em janeiro.

A secretária da pasta, Fatinha Barros, explicou que além do planejamento pedagógico, a parte estrutural também está sendo beneficiada. Foram reformadas 32 das 52 unidades da Rede que, hoje, conta com cerca de 12 mil alunos matriculados.

“As outras 20 passarão por reformas menores, porque estavam em condições um pouco melhores do que as já contempladas”, justificou Fatinha.

A secretária também falou sobre a importância de reforçar os protocolos, como uso de máscara, distanciamento e a higienização das mãos, principalmente, com o uso do álcool em gel. “Os espaços das escolas estarão sempre higienizados. Tanto as medidas de segurança como a revitalização das unidades têm como objetivo trazer mais tranquilidade, segurança e ainda mais conforto para alunos e funcionários, visando a realização de um trabalho pedagógico de qualidade e cada vez melhor”, acrescentou Fatinha.

Ela ainda destacou a realização da entrega de materiais pedagógicos e de equipamentos, como os novos parques adaptados para crianças com necessidades especiais e os televisores para a promoção de aulas interativas diferenciadas.

Outro aspecto importante mencionado pela secretária da pasta foi a participação da família no processo de aprendizagem. Fatinha solicitou o apoio dos pais, responsáveis e comunidade escolar nesse momento de retomada presencial após as aulas remotas durante a fase mais crítica da pandemia. “Quero contar com o apoio e a presença de todos para que possam encaminhar as crianças à escola e que continuem acompanhando e analisando o desenvolvimento de todas elas. Nós vamos trabalhar com a recuperação desse conteúdo desde o primeiro dia de aula por meio de projetos, como ações de incentivo à leitura, visando resgatar e recuperar a aprendizagem perdida”, finalizou.