24.3 C
Caraguatatuba
23 Julho 2024

Incentivo às redes comunitárias no Brasil

Nesta quarta-feira (20/10), em cerimônia virtual, serão lançados os primeiros produtos do projeto de incentivo a redes comunitárias no Brasil, resultado da parceria entre a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e o Governo do Reino Unido.

Um manual técnico, dois vídeos e o sumário do Estudo sobre as Redes Comunitárias no Brasil – com as recomendações que serão apresentadas – são fruto do projeto realizado pela Association for Progressive Communications (APC), que contou com a contribuição da Anatel e de especialistas que trabalham com comunidades e universalização do acesso à internet no Brasil, dentro do Programa de Acesso Digital do Governo do Reino Unido.

Segundo a APC, “o projeto identificou barreiras, desafios e oportunidades para facilitar o surgimento e a sustentabilidade de redes comunitárias no Brasil, a partir de uma extensa pesquisas sobre o contexto brasileiro e global, as mais recentes inovações desses atores de pequeno porte e sem fins lucrativos, além das descobertas e experiências de mais de 40 pessoas entrevistadas, todas elas relacionadas em alguma medida ao campo de redes comunitárias no Brasil, acesso à internet, gestão de espectro, exclusão digital ou pesquisa em projetos de tecnologias da informação e comunicação”.

Cooperação. Em setembro do ano passado, o presidente da Anatel, Leonardo Euler de Morais, e a encarregada de Negócios da Embaixada Britânica no Brasil, Liz Davidson, assinaram o Memorando de Entendimento com foco no desenvolvimento do acesso digital.

Com a cooperação firmada, o Brasil passou a integrar a rede de parceiros no Programa de Acesso Digital (Digital Access Programme), mantido pelo Fundo de Prosperidade (Prosperity Fund) do governo britânico, ao lado de África do Sul, Nigéria, Quênia e Indonésia.

A parceria objetiva desenvolver projetos que contribuam com a promoção da inclusão digital e o processo de transformação digital no País de forma acessível, inclusiva, segura e protegida, para populações vulneráveis. O programa prevê o aporte de até 14 milhões de libras esterlinas em projetos no Brasil.

Serviço:

“Construindo um ambiente de incentivo às redes comunitárias no Brasil”

20 de outubro de 2021, das 10:30 às 12:00 (horário de Brasília)

10h30 – Abertura
11h00 – Apresentação da APC
11h25 – Debate
12:00 – Encerramento