14.6 C
Caraguatatuba
23 Julho 2024

Economia criativa e colaborativa

A nova lei de improbidade administrativa, consórcios públicos, financiamento coletivo, prestações de contas, leis de incentivo à cultura e ao esporte foram alguns dos temas debatidos na manhã desta quinta-feira, 18, no encontro “Gestões Colaborativas e Economia Criativa: Caminhos para o desenvolvimento sustentável” realizado no teatro Pedro Paulo Teixeira Pinto.

O evento faz parte do Festival de Artes Integradas (FAI) e da Semana do Saber e do Sabor da Cultura Caiçara que seguem com programação até o próximo dia 21. A abertura oficial do encontro contou com a presença do assessor especial de Planejamento e Fomento Econômico de Ubatuba, Thiago Gigliotti, representando na ocasião a prefeita Flavia Pascoal; do presidente da Fundart, Gady Gonzalez; do secretário de Esportes e Lazer, Tiago Balio; do vereador de Ubatuba, Eugênio Zwibelberg; do vereador de Caraguatatuba, Cristian Bota; do coordenador geral do projeto, Edemilson José do Vale; do diretor de convênio do Consórcio Intermunicipal Culturando, Dudu Bolito; do diretor jurídico do Consórcio, Dr. Daniel Gustavo Tercino; do diretor de projetos do Consórcio, Luiz Mozzambani, entre outras autoridades da região.

Antes do início das palestras, Thiago Gigliotti enfatizou a importância do encontro. “Estamos vivenciando aos poucos a retomada econômica e nada melhor do que falarmos sobre gestões colaborativas e economia criativa, principalmente como parte integrante de um grande evento de cultura como este, uma vez que cultura é um importante agregador de valores e todos os projetos ou iniciativas que valorizem nosso povo e cultura são sempre bem-vindos”.

O vereador Eugênio Zwibelberg falou sobre algumas leis municipais para o desenvolvimento do turismo e leis que proporcionam cultura para a população. “Sou totalmente solidário às questões culturais, turísticas e esportivas voltadas para a formação dos cidadãos. O turismo move a economia local e a cultura registra as características do nosso povo”, disse o vereador.

Em discurso, Dudu Bolito ressaltou os investimentos e a troca de experiências do evento. “Esta é uma grande oportunidade para conhecer aspectos jurídicos e administrativos de eventos na área da cultura. O consórcio já possui 11 anos de existência e abrange várias cidades, entre elas Ubatuba, trazendo para o município projetos, programas, ações e parcerias importantes”. Bolito ressaltou ainda que somente o FAI investiu cerca de R$ 250 mil na cidade e que em 2021 o grupo conseguiu investimentos no montante de R$ 1 milhão para Ubatuba.