23 C
Caraguatatuba
23 Julho 2024

Dória vem ao Litoral comunicar a retomada das obras do contorno e foge da imprensa

O governador João Dória esteve na manhã desta terça-feira (21), em Caraguatatuba, para anunciar a retomada das obras dos contornos da Tamoios, que em seu governo foram paralisadas por três anos e só deverão terminar daqui a três anos.

Em entrevista concedida a Rádio antena 8 na manhã desta terça-feira, o prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci destacou os prejuízos que a paralização acarretou, não só em termos de valores da obra como para a economia do Litoral Norte.
Doria foi recebido pelo prefeito Aguilar Junior, que destacou a importância do término dessas vias não só para Caraguatatuba, mas para todo o Litoral Norte.

“O retorno dessas obras é extremamente importante para o Litoral Norte e Caraguá. Vamos gerar emprego e garantir investimento para nossa região”, disse Aguilar Júnior.

Ainda segundo o prefeito, a Rodovia dos Tamoios é a principal porta de entrada do Litoral Norte. “E ouso dizer o litoral mais belo do Brasil. Quando a gente fala em turismo, fala em geração de emprego, quando fala nesta rodovia, está falando em progresso para todos.”.

A obra do contorno prevê a geração de cerca de 2 mil empregos diretos e indiretos.

As obras serão realizadas pela Concessionária Tamoios, após acordo firmado com o Governo do Estado. O investimento é de cerca de R$ 1,5 bilhão. “Essa é uma das obras de maior investimento do Governo”, frisou Doria.
Vale ressaltar que no início do projeto a estimativa era de um custo total, serra e contorno, de 2 bilhões.
Outro fato a lamentar é que fugindo as críticas dos moradores do Litoral Norte o governador, que age como estrela de cinema, permitiu que apenas que três veículos de comunicação fizessem perguntas. Ato que demonstra a falta de espirito democrático do governador que ainda pretende ser candidato a presidente da república.

Em momento algum se referiu a instalação de uma nova praça de pedágio que deverá ser em São Sebastião.

O projeto dos contornos possui um total de 33,9 quilômetros de extensão e será um novo corredor logístico para o Porto de São Sebastião e os polos de turismo do Litoral Norte. Os trabalhos envolvem serviços de complementação da construção de 46 obras de arte especiais – entre pontes e viadutos, seis conjuntos de túneis, além da ligação do Contorno Sul com a rodovia SP-55.

Cesar Jumana