14.6 C
Caraguatatuba
23 Julho 2024

Defesa Civil vistoria continuamente áreas de risco

A Prefeitura de São Sebastião, por meio das equipes da Defesa Civil, vinculada à Secretaria de Segurança Urbana (SEGUR), vistoria todas as 87 áreas de risco mapeadas no PMRR (Plano Municipal de Redução de Risco) do município, para agir preventivamente em caso de possíveis acidentes e desastres, principalmente em época de chuvas intensas.

Os agentes da Defesa Civil fazem o acompanhamento constante das áreas de risco seguindo os critérios de avaliação e diagnóstico realizado em cada ponto:

  • Risco de alagamento: em 06 ruas em Boraceia, Juquehy, Cambury, Centro, Enseada e Canto do Mar;
  • Risco de escorregamento de terra: em 50 ruas nos bairros de Juquehy, Barra do Sahy, Cambury, Boiçucanga, Maresias, Paúba, Toque-Toque Pequeno, Barequeçaba, Varadouro, Itatinga, Olaria, Topolândia, Morro do Abrigo, Enseada e Jaraguá;
  • Risco de inundação: 29 vias que ficam nos bairros de Barra do Una, Baleia Verde, Cambury, Boiçucanga, Maresias, Paúba, Toque-Toque Pequeno, Barequeçaba, Topolândia, São Francisco, Enseada, Jaraguá e Canto do Mar;
  • Risco de rastejo de terra: em 01 rua de Juquehy;
  • Risco de solapamento de margem: no Morro do Abrigo.

São Sebastião possui um Plano Municipal de Contingência (PLAMCON), alinhado com o Plano Preventivo de Defesa Civil (PPDC), que engloba secretarias e departamentos municipais, além da colaboração da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e demais segmentos públicos e da sociedade civil.

Tem em seus objetivos a ação em deslizamento e inundações; promoção de maior segurança a todos os munícipes em relação a atendimento; atenção a áreas de risco, com possibilidade de alagamentos e/ou deslizamentos; prontidão e rapidez de resposta na gestão de acidentes e desastres; e cooperação e otimização dos serviços das secretarias e demais órgãos públicos para uma assistência rápida e de qualidade.

Serviço

A base de São Sebastião está localizada no Balneário dos Trabalhadores, na Praia Grande.

O munícipe pode entrar em contato pelo 199 em caso de emergência, como possível movimentação de terra, problemas com animais silvestres ou insetos nocivos, árvore que está afetando a construção ou em queda, etc.

Além do telefone, a Defesa Civil está no: