24.9 C
Caraguatatuba
14 Julho 2024

CAPS AD para tratamento de dependentes

Há muito tempo se sabe que a dependência do álcool, de substâncias ou do tabaco prejudica não só a saúde física da pessoa como também o humor e a estabilidade emocional, além das suas relações pessoais.

Com o Dia de Combate às Drogas e ao Alcoolismo (20 de fevereiro) se aproximando, a Secretaria de Saúde de Caraguatatuba reforça a importância do apoio e atendimento do Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas (CAPS AD) aos dependentes.

#PraCegoVer: Imagem área mostra o CAPS AD que está localizado no Perequê Mirim (Foto: Cláudio Gomes/PMC)

A dependência química é uma questão de saúde pública, cujo tratamento é focado nas questões comportamentais. A partir desse entendimento, o foco principal do CAPS AD é o acompanhamento terapêutico. Este tratamento é a construção de uma nova rotina, novo hábito, onde a bebida ou a droga não sejam mais um recurso para lidar com as emoções e trazer a “felicidade”.

“O objetivo do tratamento do CAPS AD é fazer uma parceria com paciente na construção de uma nova rotina”, explicou a psicóloga da unidade Patrícia Spessimille.

A psicóloga é responsável por fazer os atendimentos individuais, a psicoterapia breve, grupos de família de dependes químicos, grupos relacionados às questões emocionais e discussões e avaliações de caso.

O CAPS AD tem um foco muito grande no acompanhamento terapêutico porque somente a medicação não vai fazer essa construção. A psicóloga reforçou que o medicamento “alivia alguns sintomas da dependência, mas que ele sozinho não consegue construir uma nova proposta de vida”. “Sem o acompanhamento terapêutico, não é possível”, ressaltou.

A porta de entrada para receber ajuda

O atendimento do CAPS AD é aberto para qualquer pessoa que estiver enfrentando problemas com álcool ou drogas. Na unidade, a equipe multidisciplinar realiza uma triagem para saber qual a situação do paciente. “A gente consegue entender se ele é legível ao tratamento no CAPS AD”, disse a psicóloga.

O CAPS AD é responsável por atendimentos aos casos de sofrimento intenso decorrentes do uso de álcool e outras drogas. Feita a triagem, o paciente já é inserido num grupo de acolhimento terapêutico. Após isso é realizado o projeto terapêutico singular (PTS).

Segundo Patrícia, a equipe é muito cautelosa na administração da medicação porque o paciente já é usuário de uma substância e, por isso, existe uma preocupação na hora de inserir outra substância em sua rotina.

A unidade possui grupos terapêuticos (grupo de alcoolismo, grupo de dependentes químicos, grupo da família, grupo de mulheres, entre outros), atendimento psiquiátrico e psicoterapias para pacientes pertencentes ao programa, assistência social, terapeuta ocupacional e atendimento de enfermagem voltado para este público.

Todo mundo pode procurar ajuda do CAPS AD e ninguém deixa de ser acolhido por algum técnico. Sempre tem um profissional de plantão na unidade, seja psicólogo, terapeuta ocupacional, enfermeiro e assistente social para ajudar o paciente.

O CAPS AD está localizado na Rua José Geraldo da Silva Filho, n° 297, no Perequê Mirim, atrás da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Sul. O horário de funcionamento é das 8h às 17h. O telefone é o 3885-4600.