21.8 C
Caraguatatuba
17 Julho 2024

Artistas de Caraguatatuba são premiados

Dos sete artistas plásticos de Caraguatatuba que participaram da 1ª Mostra de Saberes Artesanais do Litoral Norte, realizada em Ubatuba, quatro foram premiados. A exposição foi realizada de 9 de outubro a 7 de novembro como parte do 3º Fórum de Saberes Artesanais e a votação foi popular.

#PraCegoVer: Artistas de Caraguatatuba que ficaram em primeiro lugar em suas categorias estão com certificado nas mãos (Foto: Divulgação)

Na Categoria Acessórios – Adornos , acessórios e vestuário, o 1º lugar foi para Norma Gomes da Silva França com o artefato Bolsa feita com técnica de tecelagem manual.

Pela Categoria Tradicional, o vencedor foi o ceramista Carlo Cury apresentando ‘O homem e o Mar’ onde utilizou técnicas de modelagem com finalização em engobe de sais.

Maurem Mendonça de Aguiar ficou em 1º lugar na Categoria Utilitários usando a técnica de Patchwork para pano de sofá. E a outra vencedora foi Luciana Oda Kojimoto que participou na Categoria Decorativos com o Chapeleiro Maluco onde aplicou a técnica Amigurumi crochê ponto baixo.

Também estiveram presentes os artistas Tânia Vaz Pallante, usando técnica em entrelaçamento e colagem em mosaico; Cláudia Oliveira, com Artes em Telhas e Luana Kogus com a Mandala e folha decorativa, usando a técnica Trançado em fibra.

A mostra reuniu artesãos e artistas das cidades do Litoral Norte, com mais de 100 artefatos em exposição. Para os artistas locais, o resultado foi importante porque a votação partiu do público visitante que teve a oportunidade de conhecer todos os trabalhos e técnicas. Também houve votação pela internet.

Para o ceramista Carlo Cury, participar dessas mostras e ser premiado é importante porque os artistas podem sair um pouco do ateliê e conversar sobre suas artes com outros artistas. “Participar de um projeto tão lindo já é um prêmio. Muito lindo o grupo de Caraguá, todos juntos, com a surpresa de vários prêmios”.

Norma França destaca que o fórum artesanal foi importante para valorizar os artistas locais, que eram pouco vistos e incentivados na região. “Também serviu como um incentivo e também como uma oportunidade para poder mostrar o artesão autônomo que sobrevive da arte”.

Para ela, seu diferencial foi uma bolsa feita no tear, com técnica de tecelagem, pouco conhecido entre as demais bolsas vendidas no mercado. “É uma técnica manual, 100% artesanal feita de linha, fibras, lã e outras”.

Os artistas contaram com apoio da Fundação de Arte e Cultura de Caraguatatuba (Fundacc) para que pudessem participar da Mostra em Ubatuba.

Agora, a Fundacc vai aproveitar o material dos artesãos de Caraguatatuba e realizar uma exposição no saguão do auditório Maristela de Oliveira entre os dias 18 e 30 de novembro, das 9h às 14h.

O auditório fica à Rua Santa Cruz, 196, no Centro.