24.4 C
Caraguatatuba
14 Julho 2024

60 cirurgias de catarata em mutirão no feriado

A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Saúde (SESAU), realizará mais um Mutirão de Cataratas nesta quinta-feira (2), feriado em que se celebra o Dia de Finados. As cirurgias ocorrerão a partir de 7h30 no Hospital de Clínicas de São Sebastião (HCSS). Está prevista a realização de 60 cirurgias.

O oftalmologista Glauco Reis Gonçalves, coordenador da equipe médica que realizará o mutirão, explica que catarata é o nome popularmente conhecido para as cirurgias de facoemulsificação com implante de lente intraocular (LIO) dobrável.

“O objetivo da cirurgia é devolver a visão e, consequentemente, a qualidade de vida aos pacientes que devido à opacidade do cristalino resultante da catarata, não conseguem mais enxergar com a qualidade de antes”, explica o médico.

Todos os sebastianenses que passarão pelo mutirão são pacientes da rede municipal de saúde, encaminhados via Central de Regulação da SESAU.

O coordenador diz que moradores de São Sebastião que porventura estejam em acompanhamento em outros serviços, como o Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Caraguatatuba, e com dificuldades para realizar a cirurgia de catarata, devem procurar a Unidade de Saúde da Família (USF) de referência para fazer o procedimento via rede municipal de saúde.

“Sempre surgem casos novos de catarata, por isso, sempre haverá pessoas aguardando para operar, mas temos encurtado essa espera pela realização dos mutirões”, explica o oftalmologista.

A equipe que realizará as cirurgias é composta por dois médicos, uma enfermeira e quatro auxiliares de enfermagem.

Mutirões

O último Mutirão de Cataratas ocorreu no dia 12 de outubro, durante o feriado de Dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. Neste dia, 63 pacientes passaram por cirurgias, todas realizadas com sucesso.

No dia 21 de outubro, oito pacientes passaram por cirurgia de Ptose Senil, também em sistema de mutirão. Ptose Senil é um problema causado quando a pálpebra superior oclui o eixo da visão, muito comum após a sexta década de vida.

Haverá, ainda, um mutirão de cirurgia de Pterígio no dia 11 de novembro. O Pterígio é causado pelo espessamento triangulado da conjuntiva que cresce em direção à córnea, muito comum em pacientes expostos aos raios ultra violeta (UV), oriundos dos raios solares, sem a proteção adequada.